[the_ad_group id="16401"]
Sexualidade

Fingir orgasmo apenas disfarça um problema sexual maior do casal

Por Redação Doutíssima 14/06/2014

Se você costuma ir para a cama sem vontade e fingir orgasmo, fazendo isso, você estará enganando a si mesma. Ao se deparar com a angústia de não conseguir satisfazer seus parceiros, muitas mulheres se entregam a uma vida sexual sem vontade e passam a fingir orgasmo, acreditando que poderão contornar o problema. Na verdade, essas atitudes lhes afastam ainda mais de alcançar esta verdade.

Fingir orgasmo é um erro

Transar apenas para corresponder às expectativas do seu companheiro e fingir orgasmo é adiar e fechar os olhos para a falta de libido entre o casal. Com este comportamento, o problema permanecerá e apenas será adiado, contribuindo em nada para a melhora na qualidade do sexo. Para um relacionamento feliz e saudável, é melhor encarar a situação de frente e parar de fingir orgasmo.

Ao fingir orgasmo, você pode estar ignorando problemas físicos e psicológicos. Foto: Shutterstock

Ao fingir orgasmo, você pode estar ignorando problemas físicos e psicológicos. Foto: Shutterstock

Há um grande perigoao ignorar o problema e promover a prática de fingir orgasmo. Seria como renunciar a um aspecto importante para sua felicidade e para a manutenção de um relacionamento amoroso.

Escondendo-se atrás da rotina, tornam-se possíveis doenças e questões psicológicas, e você estará permitindo que o desejo e a vida sexual se percam de vez. Ainda, ressentimentos podem tomar conta da sua relação, e você poderá estar abrindo mão de uma das experiências mais íntimas e prazerosas, comprometendo a sua realização pessoal.

Pare de fingir orgasmo

Vai continuar de braços cruzados diante todas estas razões e aceitar a ideia de fingir orgasmo? Uma solução eficiente e apreciada é ir de encontro aos seus problemas e procurar a orientação profissional.

Fechar os olhos para a falta de libido só irá atravancar seu direito a uma vida sexual prazerosa, e ainda trará crises no seu relacionamento, fazendo com que seu parceiro perca o encanto por você.

Ao ignorar o problema da sua falta de desejo, e continuar a fingir orgasmo, você pode estar ignorando ao mesmo tempo problemas físicos e psicológicos. A baixa libido pode estar relacionada a outras questões da sua vida e de seu corpo que precisam de solução, tornando-se então um erro grave simplesmente ceder ou deixar isso para depois.

Dificuldades com a autoestima, falta de exercícios físicos, menopausa, o uso de medicamentos para depressão e mesmo uma dieta não balanceada podem ser causas de angústia e também da frustração debaixo dos lençóis. Ao buscar uma solução para seu desejo sexual, você também estará resolvendo aspectos importantes para sua saúde física e mental, e ajudará a melhorar sua vida de casal.

Impactos do orgasmo falso

A vida sexual é um dos fatores mais importantes em um relacionamento. Ao ignorar sua falta de libido, e fingir orgasmo, você estará colocando sua relação em jogo. Pode reduzir drasticamente a frequência do sexo, ou parar de fazer, pois a atividade sexual passará a ser vista como uma obrigação e isso poderá minar o convívio com o parceiro.

Fingir orgasmo demonstra não só a falta de desejo, mas, aos poucos, poderá resultar também em raiva e tensão entre o casal, prejudicando a relação como um todo. Momentos que antes eram especiais para os dois perdem o sentido e o antigo brilho. Muitas vezes, este tipo de problema abre brechas para a traição e prejudica o diálogo, tornando a convivência do casal cada vez mais difícil.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

Saiba mais:

 

[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]