[the_ad_group id="16401"]
Cabelos

Cauterização capilar: conheça esta técnica de hidratação do cabelo

Por Redação Doutíssima 10/06/2014

A cauterização capilar trata-se de uma reestruturação dos fios de cabelo. O tratamento promove a cicatrização das cutículas do cabelo, selando as escamas dos fios e suavizando as pontas duplas. A cauterização capilar é uma hidratação profunda feita com produtos especiais, escolhidos de acordo com as necessidades específicas de cada cabelo.

Cauterização capilar não alisa os cabelos

A cauterização capilar é uma técnica de hidratação profunda dos cabelos, que não alisa os fios, mas que, devido ao seu poder hidratante, deixa os cabelos mais macios, sedosos e com a aparência mais lisa devido ao seu fator antifrizz.

Cauterização capilar é técnica de hidratação profunda que não alisa os fios. Foto: Shutterstock

Cauterização capilar é técnica de hidratação profunda que não alisa os fios. Foto: Shutterstock

A cauterização capilar é recomendada para quaisquer tipos de cabelos, principalmente para fios muito danificados, ressecados, com pontas duplas, quebradiços, desidratados por tinturas ou por uso excessivo de secadores e escova definitiva.

A queratina é um dos principais componentes do cabelo. Quando os fios perdem esse nutriente, ocorre um desgaste da fibra capilar, fazendo com que os cabelos fiquem secos, quebradiços, porosos e sem vida. A cauterização capilar é uma técnica para repor essa queratina perdida, que então penetra na cutícula do cabelo, hidratando e restaurando fio a fio e devolvendo a maciez, a força, o brilho e a elasticidade ao cabelo.

Onde fazer a cauterização capilar

A cauterização capilar pode ser feita em um salão de beleza ou em casa. Se os cabelos estiverem muito ressecados, o ideal é fazer o tratamento com profissionais, a fim de garantir um resultado mais eficiente.

Cada tipo de cabelo requer um tipo diferente de hidratação, dependendo do seu grau de ressecamento ou sua estrutura. Por isso, a avaliação de um profissional é importante para analisar as necessidades do fio e o melhor método a ser utilizado para a cauterização capilar.

Por outro lado, quem quiser fazer o procedimento em casa, pode recorrer aos kits de cauterização disponíveis no mercado, que geralmente apresentam instruções de uso detalhadas, as quais tornam a aplicação do produto bastante fácil e segura.

Cauterização capilar no salão

Em um salão, a cauterização é feita seguindo algumas etapas. Primeiramente, os cabelos são lavados duas vezes com um xampu antirresíduos para abrir as escamas e prepará-lo para a máscara de hidratação.

Antes de receber o creme, retira-se o excesso de água o cabelo com uma toalha. Depois disso, os cabelos são separados em mechas para receber o creme e um reestruturador à base de colágeno. É preciso deixar a agir por 20 minutos para depois enxaguar. Após retirar completamente os produtos do cabelo, aplica-se um composto à base de queratina.

Quando todo o cabelo receber a queratina, novamente mechas são separadas para serem secas com secador. Em seguida, passa-se a chapinha para que a queratina penetre nos fios com maior eficiência. Por último, os cabelos recebem óleo de silicone para diminuir o frizz.

É importante alertar ainda que, ao contrário de outros tipos de hidratação, a cauterização capilar não deve ser feita mensalmente. A manutenção deve ser realizada, em média, de quatro a seis meses.

Outra opção à cauterização capilar

Outra opção existente em alguns salões é a nano-queratinização, que também é feita com a queratina. Esse procedimento tem a vantagem de não saturar os fios, porque a micro-queratina tem partículas menores, evitando o acúmulo da substância na fibra capilar. Porém, enquanto a nano-queratinização recupera os fios em algumas sessões, a cauterização capilar dá resultados com apenas uma aplicação.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Gordura abdominal e celulite? Saiba como reduzir

Cremes para celulite: mito ou verdade?

Nutricionista ensina a enfrentar de vez o fantasma da celulite

7 Maneiras de combater a celulite

5 Soluções imediatas contra a celulite

Aprenda a fazer a ginástica anti celulite

6 Tratamentos que prometem reduzir a celulite


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]