Clínica Geral

Sintomas da menopausa podem ser amenizados. Veja como

Por Redação Doutíssima 02/07/2014

A menopausa é o fim permanente da menstruação e da fertilidade, mas isso é uma etapa normal na vida da mulher, assim como a puberdade. Em regra, ocorre 12 meses após seu último período menstrual. Os sintomas da menopausa podem começar a acontecer entre os 40 ou 50 anos e, para algumas mulheres, é sinônimo de alívio, porque não precisam mais se preocupar com a gravidez.

Sintomas da menopausa provocam incômodos

Mesmo assim, os sintomas da menopausa, físicos e emocionais, podem perturbar seu sono, provocar ondas de calor, diminuir a energia ou desencadear ansiedade. Por isso, procurar tratamento para os sintomas que a incomodam é possível, a partir de ajustes de estilo de vida e terapia hormonal.

Com ajustes de estilo de vida e terapia hormonal é possível enfrentar sintomas. Foto: Shutterstock

Com ajustes de estilo de vida e terapia hormonal é possível enfrentar sintomas. Foto: Shutterstock

Conheça os principais sintomas da menopausa

Nos meses ou anos que antecedem a menopausa algumas mudanças no organismo podem ser observadas. Os principais sintomas da menopausa são:

– Períodos menstruais irregulares;

– Secura vaginal;

– Ondas de calor;

– Sudorese noturna;

– Problemas do sono;

– Alterações de humor;

– Ganho de peso e o metabolismo mais lento;

– Queda de cabelo e pele seca;

– Diminuição da libido;

– Incontinência urinária: por perda de tônus da bexiga.

Como amenizar os sintomas da menopausa

Felizmente, muitos dos sintomas da menopausa são temporários. Siga estas dicas para ajudar a reduzir ou prevenir os seus efeitos:

1. Para não sofrer com o calor: tente identificar o que desencadeia suas ondas de calor. Para muitas mulheres, os gatilhos podem incluir bebidas quentes, cafeína, alimentos picantes, álcool, estresse, clima quente.

2. Para diminuir o desconforto vaginal: use lubrificantes à base de água ou hidratantes. Escolha produtos que não contêm glicerina, que podem causar irritação em mulheres que são sensíveis a essa substância química. Ficar sexualmente ativa na menopausa também ajuda, pois aumenta o fluxo sanguíneo na região da vagina.

3. Para a insônia: evite a cafeína e o consumo de álcool em excesso, isso pode contribuir para a perda do sono na menopausa. Se as ondas de calor perturbar seu sono, você pode precisar encontrar uma maneira de gerenciá-las, por isso, é necessário descobrir como elas são desencadeadas.

4. Para relaxar: técnicas como a respiração profunda, massagens ou outras terapias de relaxamento podem ajudar a aliviar os sintomas da menopausa. Você pode encontrar uma série de livros com diversos exercícios de relaxamento.

5. Para evitar a incontinência urinária: exercícios do assoalho pélvico, chamados exercícios de Kegel, podem melhorar algumas formas de incontinência urinária.

6. Para não ganhar peso: manter uma dieta equilibrada, com uma variedade de frutas, legumes e cereais integrais. Pergunte ao seu médico se você precisa de suplementos de cálcio ou vitamina D para ajudar a atender às suas necessidades diárias.

7. Para evitar outros problemas: exercite-se regularmente. Adotar em sua rotina uma atividade física regular pode ajudar a proteger o seu corpo de doenças cardíacas, diabetes, osteoporose e outras condições associadas com o envelhecimento e os sintomas da menopausa.

Reposição hormonal contra os sintomas da menopausa

Outra maneira de lidar contra os sintomas da menopausa é através da reposição hormonal. Através de exames e avaliação do seu médico é possível estabelecer algumas doses de hormônios que irão garantir uma melhora dos sintomas.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Dúvida do leitor: excesso de saliva na gravidez é normal? Como tratar? 

Entenda o que pode causar a gravidez ectópica e quais os principais sintomas

Terapia hormonal da menopausa

Como controlar os sintomas da menopausa

Conheça as principais causas da infertilidade feminina

7 perguntas e respostas sobre a infertilidade

Conheça os 4 hormônios do ciclo menstrual


Sites parceiros